Galeria

Estimativa global, regional e nacional de câncer de testículo, 1990-2016

O estudo produzido por Pishgar et al. (2019), apresenta estimativas da incidência global, mortalidade e os anos de vida modificados pela incapacidade (DALYs) associadas ao câncer de testículo (TCa). Os autores realizaram um levantamento a partir dos achados da pesquisa do projeto Global Bruden of Isease  (GBD) entre os anos 1990 e 2016. O projeto fornece um retrato do status da saúde nos níveis global, regional e nacional, através da estimativa de estatísticas de saúde para várias causas durante um período relativamente longo.

Os resultados demonstraram um aumento de 1,80 vezes, de 37.231 em 1990 para 66.833 novos casos em 2016; a taxa de incidência do TCa padronizada por idade também subiu de 1,5 para 1,75 casos por 100.000. Já os níveis de óbitos por TCa permaneceram estáveis entre 1990 e 2016, de 0,39 para 0,25 por 100.000. Em nível global, os casos mais incidentes de TCa em 2016 foram registrado em homens com faixa etária de 15 a 49 anos, com aumento de 1,74 em comparação a 1990.

Identificaram também, que os casos de episódios de câncer testicular foram mais elevados na América do Norte, seguidos pela Europa Ocidental e Leste da Ásia. Já as taxas de incidência padronizada por idade foram mais altos no sul da América Latina, América do Norte e na Europa Central. Os EUA, China e Alemanha foram os três países com maior incidência de TCa.

Vale salientar que a pesquisa incluiu 21 regiões e 195 países.

Para ter acesso ao conteúdo completo do artigo, acesse: https://onlinelibrary.wiley.com/doi/10.1111/bju.14771#

♦ ♦ ♦

Article of the week: Global, regional and national burden of testicular câncer, 1990-2016: results fron the Global Burden of Disease Study 2016. Bjui International Journal, 04 set. de 2019. Disponível em: < http://www.bjuinternational.com/>. Acesso em: 06 de set. de 2019.

 

♦ ♦ ABFP ♦ ♦